Virada a Nascente/SE, esta jovem Quinta fica situada no vale da Régua na margem direita do rio Douro na Região Demarcada do Douro - Baixo Corgo, captando soberba vista para a cidade e rio Douro. Entre neste ambicioso projecto e partilhe-o connosco (...)

Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007
TINTA RORIZ

Tinta Roriz ( Aragonês )

Uma das principais castas para a produção de vinho do Porto. É recomendada no Douro, no Dão e no Alentejo onde recebe o nome de Aragonez. Encontra-se, cada vez mais, em replantações efectuadas um pouco por todo o país. É largamente cultivada em Espanha onde recebe, entre outros, o nome de Tempranillo e pode também encontrar-se na França, na Argentina e na Califórnia, onde toma o nome de Valdepeñas. Os seus cachos são de tamanho médio/grande, compacto, e os seus bagos de cor azulada produzem vinhos de característica cor rubi, de baixa acidez e de adequada graduação alcoólica.

Caracterização desta casta

Tinta Roriz É uma casta de alta qualidade e produtividade que se dá em solos ricos e temperaturas médias. O vinho resultante é de menor intensidade corante e o aroma é forte e complexo. Os seus taninos dão ao vinho uma certa adstringência, força e agressividade.

O cacho é grande e aberto. Possui bagos de tamanho heterogéneo, com forma ligeiramente achatada e epiderme medianamente grossa, de cor negro-azul com forte pruína; a polpa, não corada, é suculenta, mole e de sabor muito próprio. É bastante produtiva e de maturação média. Nos vinhos, em que exista em boa percentagem, intensifica os aromas de fruta madura. É notório o excelente equilíbrio marcado pela qualidade dos seus taninos, assim como o equilíbrio corpo e acidez.

Tinta Roriz - Novas plantações na Quinta das Parcelas

No projecto feito em 2006 nos nossos terrenos, optou-se por se plantar somente 20% Tinta Roriz (Aragonês) - casta de alta qualidade. No entanto, estamos convictos na necessidade de plantar  mais Tinta Roriz no futuro, visto permitir vinhos de  pouco teor alcoólicos e de tanino firme, mas delicado. Permitindo deste modo o equilibrio entre as restantes castas existentes na Quinta.

Morfológia                             3 Imagens: Propriedade de António Vicente

Vinhos

Das principais castas encontradas na Região Demarcada do Douro, os vinhos da casta Roriz serão os que apresentam um carácter mais adstringente (poder tanante do vinho). Nas Graínhas, a casta que apresenta maior quantidade de compostos fenólicos totais, na altura da vindima, é a Tinta Roriz. 
A Tinta Roriz caracteriza-se pela sua moderada doçura (produz vinhos pouco alcoólicos) e pelo seu tanino firme, mas delicado. Costuma dizer-se que teria quase tudo se oferecesse maior acidez. Mas esse não é o forte da Tinta Roriz: o mosto possui um pH bastante elevado e uma boa parte da acidez é devida ao ácido málico, em vez de se apoiar no tartárico. Os seus vinhos costumam perder cor com o estágio. Por isso, a Tinta Roriz beneficia da assemblage com outras variedades que a favorecem e lhe dão equilíbrio.

 

Fontes de Pesquisa:

winexperts.terra.com.br; www.e-mercatura.net; www.copod3.blogspot.com; www.ibesa.pt; www.pt.wikipedia.org/wiki/Touriga_Nacional

 


 

sinto-me: Entre a T. Nacional e T. Roriz
tags (Pesquisa de Artigos): , ,

publicado por quintadasparcelas às 17:05
link do post | comentar | favorito

Seja Bem-Vindo
Pesquisar neste blogue
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

TINTA RORIZ

Milhafre DOC Reserva Tinto 2011 e DOC Branco 2012 Valley
Links
tags (Pesquisa de Artigos)

todas as tags

Arquivos (posts antigos)
blogs SAPO
subscrever feeds